Foram necessários somente poucos anos para que SEO se tornasse um negócio sério, com empresas especializadas no assunto e “agências de otimização” surgissem, com o mesmo objetivo de antigos mercados (além de ganhar dinheiro, claro): ser o melhor do ramo. Mas, nesse meio tempo, alguns mitos sobre SEO surgiram e foram devidamente criados por aqueles que se interessam em angariar a fatia maior do mercado e erroneamente propagados por aqueles que não se interessam em estudar/testar.

Evidentemente quem não trabalha especificamente na área, às vezes comete/propaga enganos sobre SEO por descuido ou falta de conhecimento; e é por esse motivo que devemos sempre ter critério na hora de escolher nossas fontes de estudo e dar todo o crédito aos diversos “gurus” que se apresentam (e se autointitulam assim).

Então, antes de gastar tempo e dinheiro em uma campanha SEM/SEO, veja quais são os 6 maiores mitos sobre SEO e aprenda os verdadeiros fatos sobre eles.

Este é um artigo traduzido do original “Avoid these Top Six SEO Myths and Learn the Facts“, do blog SEO Marketing World, e sofreu pequenas adaptações.

Mito de SEO 1: todas metatags tem igual importância

Algumas meta tags são úteis, mas outras podem não ser tão relevantes assim. Atualmente, os motores de busca estão mais preocupados com o conteúdo do site do que as metatags que foram escolhidas.

Mito de SEO 2: SEO é caro

SEO é como qualquer coisa: há SEO que é caro e SEO baratinho. Você só tem que saber o que procurar e quais as melhores técnicas de SEO que irão beneficiá-lo.

SEO orgânico é menos dispendioso e muitos do que é feito não tem custos. Uma campanha PPC ou banner publicitário pode ser mais caro porque você paga por cliques ou impressões. Com o SEO, os cliques não custam nada (para você).

Mito de SEO 3: Sites devem ser submetidos a mecanismos de busca semanal ou mensalmente

Você deve submeter seu site para um mecanismo de busca somente uma vez. Automaticamente o bot daquele mecanismo de busca irá voltar. Para acelerar o processo de ter seu site indexado, faça link(s) para um site de alto tráfego ou alto PageRank. Suas URLs serão encontrada pelos motores de busca e serão indexados automaticamente.

Mito de SEO 4: Fornecer conteúdo basta para ficar bem posicionado

Evite esse mito a todo custo! Você deve fornecer conteúdo otimizado de qualidade de SEO off site com a densidade de palavras-chave adequada. Ter de backlinks para o seu site é fundamental para a boa classificação no Google e outros mecanismos de busca.

Mito de SEO 5: Palavras-chave e termos competitivos não são recomendados

É imperativo que você utilize as palavras-chave que todo mundo está usando (e, consequentemente, as pessoas estão procurando), já que as pessoas procuram seu tema ou produto digitando palavras-chave. É recomendável que você use uma variedade alta, média e baixa de frases e palavras-chave competitivas.

Mito de SEO 6: SEO orgânico não é tão eficaz quanto PPC

Enquanto isso poderia realmente ser uma afirmação verdadeira a curto prazo, a longo prazo isso não é verdade. Isso acontece porque as pessoas tendem a confiar mais nas informações encontradas em buscas orgânicas e não muito para as informações pagas em uma base PPC.

Agora que está ciente dos 6 maiores mitos de SEO, você está melhor preparado para criar uma campanha de SEM/SEO que realmente irá beneficiar você!