A evolução do portfolio (e do profissional web)

A evolução do portfolio do profissional de Web propicia sua própria evolução técnica. Veja mais considerações sobre a evolução do portfolio.

Ir para o artigo

Já escrevemos outras vezes sobre portfolios, mas gostaríamos de conversar com mais detalhes sobre a evolução do portfolio e do profissional web. Qual é sua importância? Afinal, o profissional evolui o portfolio ou o portfolio evolui o profissional?

Ter um portfolio serve, primariamente, para mostrar aos clientes o que você já fez, certo? Certo, mas não é somente isso!

Um portfolio também serve para mostrar aos clientes — passados, atuais e futuros — como anda sua evolução; o progresso de sua qualidade de trabalho, comparando jobs passados com projetos mais recentes.

Manter jobs antigos no portfolio, mesmo que de qualidade inferior aos atuais, é uma excelente estratégia. Tuitar isso

Muita gente esquece, mas um dos principais objetivos de um bom portfolio é mostrar a qualidade do trabalho do profissional, se ele se adapta às tendências e mudanças que acontecem em sua área de atuação.

Através do portfolio, os clientes poderão avaliar os trabalho, o estilo, se o profissional é capaz de se “adaptar”, se sabe contextualizar seus trabalhos às necessidades de cada cliente. O portfolio serve para mostrar do quê a pessoa é capaz!

Manter jobs antigos no portfolio?

A tendência natural quando um profissional web dá prosseguimento à sua carreira é a evolução. Então, é bastante comum olhar para jobs antigos, de 5, 6, 10 anos passados e, a partir da nova perspectiva profissional adquirida com o seguir dos anos, considerar aqueles trabalhos muito ruins; até mesmo “vergonhosos”.

Então, diante deste cenário, uma das principais dúvidas é se, na evolução do portfolio, com o passar do tempo de atuação profissional, deve-se manter trabalhos antigos à mostra.

E a resposta é: com certeza!

A evolução do portfolio: foto mostrando profissionais em reunião. Parecem estar otimistas.
Não tenha vergonha de seus trabalhos antigos. Eles mostram que hoje você é um profissional melhor.

Não tenha dúvidas em manter trabalhos antigos expostos em seu portfolio. Mesmo que, para você, aquilo seja algo “antiquado” ou até embaraçoso — e mesmo que sejam peças de quando você tinha portfolio sem ter clientes –, isso pode te ajudar bastante!

É isso mesmo: manter jobs antigos no portfolio, mesmo que de qualidade inferior aos atuais, é uma excelente estratégia. Aliás, pelo motivo mesmo de serem peças de mais baixa qualidade!

É precisamente olhando trabalhos de tempos atrás e os comparando com os recentes, melhores, mais profissionais, que seu potencial cliente vai perceber a evolução do portfolio e, por consequência, a evolução do profissional!

Aliás, saber lidar com a própria evolução e saber montar um portfolio que reflita isso é um dos motivos pelos quais algumas pessoas têm bons portfolios e outras não.

O profissional evolui o portfolio ou o portfolio evolui o profissional?

Essa perguntinha capciosa que fizemos é para atiçar sua curiosidade para mostrar que, na verdade, trata-se de um processo que se retroalimenta mutuamente.

Na prática, na “vida real”, logicamente é o profissional que evolui o portfolio, já que somente pessoas têm condições de tornarem a si mesmas melhores; objetos inanimados e instâncias virtuais, não…

Mas, ao mesmo tempo, no sentido metafórico da coisa, a evolução do portfolio também propicia (ou “provoca”) a evolução do profissional.

Por quê? Muito simples:

  1. Um bom portfolio vai trazer mais clientes;
  2. Mais trabalhos propiciam a melhoria da qualidade profissional;
  3. Com a melhoria dessa qualidade, trabalhos melhores são desenvolvidos;
  4. Consequentemente, trabalhos melhores são colocados no portfolio;
  5. Por fim, um portfolio melhor atrai mais clientes, e o ciclo se repete.

Ou seja, em última instância, (metaforicamente) o portfolio evolui a si mesmo!

É um ciclo iterativo benéfico, que dá ensejo à melhoria pessoal e profissional de quem sabe conduzir a evolução do portfolio e, por consequência, a evolução de sua carreira na Web!

Conclusão: não tenha vergonha da evolução de seu portfolio

Ter “vergonha” de trabalhos antigos no portfolio, na prática, não traz benefício algum à sua carreira e a futuras possibilidades de contatos de clientes.

Muito pelo contrário: deixar explícito essa evolução do portfolio é benéfico, montar seu portfolio da maneira certa, propicia à potencial maior geração de contatos e de futuros projetos.

E você, já teve vergonha de seus trabalhos antigos ou dúvidas ao manter jobs de anos atrás no portfa? Comente e vamos discutir isso, jovem!  ;-)