Por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não?

Por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não? Leia este artigo para descobrir que a resposta é mais fácil (e óbvia) do que você imagina…

Por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não? Se você já parou para se perguntar isso, se já notou que alguns portfolios são melhores e mais eficientes, continue lendo e descobra que a resposta é mais fácil (e mais óbvia) do que você poderia imaginar!

Similarmente, seria possível perguntar “Por que algumas pessoas tiram boas notas e outras não?”, “Por que algumas pessoas conseguem passar no exame e tirar a carteira de motorista e outras não?”, “Por que algumas pessoas conseguem aprender um novo idioma e outras não?”, enfim, a lista é infinita, mas você entendeu o ponto.

Mas, afinal, que diferença é essa? A diferença entre a pessoa que se propõe a fazer um bom portfolio e consegue muitas visualizações, interações nas redes sociais e elogios, e aquela pessoa que, mesmo tendo colocado o portfolio no ar, amarga um abandono virtual de dar pena: o portfa não é visitado; ninguém fala a respeito; clientes não entram em contato…

Por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não? Por que algumas pessoas recebem contatos de potenciais clientes interessados e outras não?

Não se trata de uma diferença “intelectual”

A primeira coisa que você deve entender/aceitar é que não se trata de uma diferença “intelectual”, ou seja, uma diferença de capacidade cognitiva, de um ser “esperto” e o outro não, de um ser “burro” e o outro não.

Muitas pessoas pensam dessa maneira errada. Que “Fulano” só consegue atrair clientes a partir de seu portfolio porque é muito inteligente, porque é uma pessoa diferenciada, iluminada, um quase-Einstein…

Besteira! Esse é um pensamento, no mínimo, muitíssimo equivocado.

Um portfolio está no ar principalmente para que pessoas entrem em contato com você. Tuitar isso

Certamente, todos nós temos mais ou menos a mesma capacidade intelectual e cognitiva. É muito raro um “gênio” entre nós, alguém que é muito, mas muito mais inteligente e espero que todos nós e, por isso, logra sucesso em quase todas as empreitadas em que se aventura.

Afinal de contas, muita gente — muita gente mesmo! — monta seu portfolio e consegue sucesso com isso: consegue seu reconhecimento, aclamação de seus pares, contatos de pessoas interessadas…

Não é possível que essa horda seja formada somente de gênios!

Uma pequena história que se repete

É comum, principalmente em ambientes de estudo nos quais é ainda incipiente a prática profissional (sim, estamos falando de faculdades e cursos), ouvirem-se histórias das mais diversas, ligadas àquela área ou áreas que são objeto de estudos da rapaziada.

Pode acontecer de haver histórias sobre pessoas que, apesar de serem do mesmo período, até mesmo da mesma sala, têm desempenhos completamente diferentes.

“Fulano”, apesar de ser da mesma sala, aprender os mesmos conteúdos, com os mesmos professores, apresenta desempenho melhor que “Cicrano”, gerando tremenda curiosidade neste, até mesmo uma invejinha branca. Como você já sabe, não é o caso de Fulano ser um gênio.

Então, o quê é?!

Mas, afinal, por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não?

Seria ingênuo pensar que existe apenas um motivo pelo qual algumas pessoas têm bons portfolios e outras não, mas podemos afirmar, com certeza, que alguns indicativos são valiosíssimos para que um portfolio seja considerado bom/eficiente, ou seja, tenha boa visitação, seja reconhecido, proveja boa atração de clientes etc.

Organização do portfolio

Um portfolio bem organizado é um portfolio melhor.

Um portfolio, quando está bem organizado, se faz muito mais entendível/inteligível; apresenta-se de uma maneira muito mais ordenada e até prazerosa de ser visto e navegado.

O interessado, por se encontrar em um ambiente online organizado, não se frusta e tende a visualizar mais itens do portfolio; tende a permanecer mais tempo ali e, consequentemente, a gostar do que está vendo e a entrar em contato.

E, afinal, um portfolio está no ar principalmente para que pessoas entrem em contato, não é verdade?

Apresentação do portfolio

Quase não colocamos este item aqui, mas, para ter certeza de que não acordaríamos no meio da noite, com a consciência pesada, imaginando que alguém poderia não considerar isso, eis nossa dica: seu portfolio precisa ter uma excelente apresentação!

Desde nosso iniciozinho, quando começamos a trabalhar com desenvolvimento web — e, acredite, é bastante tempo! –, até hoje, continuamos a ver abundância de portfolios muito, mas muito mal apresentados…

É uma situação triste, principalmente em uma época em que o contato com profissionais da área de web design, interfaces, UX etc. é tão facilitado.

Até mesmo para os casos em que você não tem nenhuma obrigação de saber desenvolver um bom layout e um bom design (por exemplo, caso você seja um programador), vivemos em uma época em que é muito muito simples adquirir um template pronto.

E existem, literalmente, milhares deles por aí, com altíssima qualidade, a preços acessíveis.

Detalhamento dos itens portfolio

Não que isso seja uma regra geral ou uma espécie de obrigatoriedade. Há determinados tipos de portfolio que até dispensam muito detalhamento, convidando para uma experiência mais “sem palavras”, algo até mais interativo/imersivo.

Mas, em se tratando da maioria dos portfolios de desenvolvimento web, um quesito importante é o detalhamento dos itens desse portfolio.

Independentemente de qual seja o tipo de ênfase que você quer dar a seu portfolio, detalhar, descrever, pormenorizar determinados aspectos daquela peça, é essencial para aumentar a “percepção de qualidade” de seu prospecto.

Quando você, além de apresentar cada item de uma maneira eficiente, faz isso contando um pouquinho mais sobre aquele projeto, como você (ou sua equipe) chegou a determinadas soluções, as tecnologias que foram usadas, enfim, quando se conta um pouco mais sobre aquilo, a tendência é que o valor percebido aumente.

Portfolio com foco!

Este é um ponto imprescindível quando o assunto é montar bons portfolios: o portfolio deve ter um foco.

Já explicamos mais detalhadamente sobre isso em outro artigo, mas, resumidamente, o “macete” é o seguinte: desenvolvimento web é uma área muita ampla, certo? Então você deve focar seu portfolio para apresentar os aspectos que são de seu interesse ao apresentar as peças.

Por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não? Imagem mostrando uma mesa com um notebook e algumas lentes de câmera.
Se seu portfolio não tem foco, ele tenderá a atrair o tipo de cliente errado, que não se interessará pelo o quê está vendo.

Por exemplo, se você é um web designer, vai apresentar os itens do seu portfolio de uma maneira totalmente diferente de quem é um programador, já que sua intenção é atrair clientes que potencialmente estejam interessados em contratar seus serviços de web design.

Depois que vemos escrito, parece algo bastante óbvio, mas isso é uma coisa que não passa pela cabeça de muita gente e — adivinhe! — é um dos principais motivos pelos quais algumas pessoas têm bons portfolios e outras não!

Portfolio que melhora todos os dias

Depois de tudo o que dissemos sobre quem tem um portfolio eficiente, também cabe acrescentar que um bom portfolio está sempre melhorando, sempre evoluindo.

E não estamos falando somente sobre adicionar mais itens; de não se esquecer de atualizar seu portfolio assim que um novo trabalho é concluído e você pode colocá-lo em seu portfolio para que seus visitantes e clientes (atuais e futuros) possam conhecer o novo projeto.

Um portfolio, quando está bem organizado, se faz muito mais entendível/inteligível; apresenta-se de uma maneira muito mais ordenada e até prazerosa de ser visto e navegado. Tuitar isso

Estamos nos referindo a atualizações gerais para que o portfolio se engrandeça, torne-se algo mais atrativo e interessante, conseguindo mais atenção de potenciais clientes.

Você dá uma olhadinha em seu portfolio todos os dias? Sim, você leu certo: todos-os-dias!

Se você realmente está interessado e focado em melhorar seu portfolio, de fazer dele um portfolio-referência, que além de servir para divulgar e vender seu trabalho, seja um verdadeiro modelo de portfolio, esse portfolio merece uma atenção todos os dias.

Nós, que trabalhos com desenvolvimento web, aprendemos algo novo quase todo dia. Muitos desses conhecimentos poderiam ser aplicados imediatamente para a melhoria do seu portfolio se você não ficasse procrastinando e pensando que ele já está per-fei-to…

Não se engane a esse ponto. Olhe para seu portfolio pelo menos uma vez por dia. Isso mesmo, somente olhe para ele! Certamente, em muitas dessas olhadas, você vai pensar que é sim possível implementar aquele técnica nova que viu no dia anterior e evoluir seu portfolio.

Nem que seja somente para dizer “No dia de hoje, meu portfolio é o melhor que poderia ser; eu fiz o melhor que eu pude para meu portfolio estar assim”; nem que seja para constatar que tudo está ordem, olhe para seu portfolio pelo menos uma vez por dia.

E aí, entendeu por que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não?

Agora você já sabe que algumas pessoas têm bons portfolios e outras não por motivos nada misteriosos. Não se trata de genética; trata-se de organização, apresentação, detalhamento, foco e evolução!

Da próxima que se pegar pergunta ou vir um amigo ou colega de profissão se lamentando, até com inveja de alguém, se lamentando e tentando entender porque algumas pessoas têm bons portfolios e outras não, explique direitinho para do que se trata. Indicar este artigo também pode ajudar bastante.  ;-)

E você, detectou mais algum aspecto sobre portfolio eficientes e/ou tem alguma dica extra sobre como montar bons portfolios? Conta pra gente nos comentários!